Campeonato Paulista 2015 – Série A3: Atibaia vence o Barretos e consegue o acesso para a A2 do Campeonato Paulista em 2016.

Atibaia
Atibaia – Foto: Nathália Miliozi/FPF

 

Na manhã deste domingo, em jogo emocionante, o Atibaia venceu Barretos pelo placar mínimo no estádio Ítalo Mário Limongi, na cidade de Indaiatuba, pela sexta rodada da segunda fase da Série A3 do Campeonato Paulista. Com o resultado, a equipe que era mandante no confronto, comemorou o inédito acesso para a Série A2 do Campeonato Paulista em 2016. Paraíba virou herói ao marcar o gol do acesso aos 46 minutos do segundo tempo.

 

 

A partida começou muito disputada em Indaiatuba. Bem posicionadas taticamente, as equipes encontravam poucos espaços para chutar à gol, deixando o confronto muito disputado no meio de campo. Nos primeiros 15 minutos, as principais chances surgiram apenas em tiros de longa distância ou nas cobranças de falta.

 

 

 

Depois disso, o Atibaia, empurrado por sua torcida, se soltou e foi tomando o controle da partida. Popó fez bela jogada aos 17 minutos, mas foi travado no momento da conclusão. Um minuto depois, o Barretos tentou responder no contra-ataque, mas Igor Martins parou na defesa dos donos de casa. Aos 28 minutos, o Atibaia voltou a ameaçar a defesa do rival, mas o atacante Marcelo, que entrava em velocidade, perdeu o controle da bola.

 

 

 

Aos 40 minutos, surgiu a melhor chance da primeira etapa e foi do Barretos. Osny aproveitou o vacilo da zaga, roubou a bola e foi avançando. O centroavante rolou para a entrada de Walter, que apesar de sozinho na entrada da área, bateu por cima do gol defendido por Rodrigo Calaça. No final do primeiro tempo, o Atibaia pressionou nas jogadas de escanteio, mas não conseguiu vazar o arqueiro Willian. Em uma dessas cobranças, Diego Pedroso acabou recebendo um cartão amarelo pelo empurra-empurra dentro da área. Cartão que, posteriormente, resultou na expulsão do lateral esquerdo.

 

 

 

Na volta do intervalo, o Atibaia teve a iniciativa do jogo. Precisando de ao menos um gol para conquistar o acesso, os mandantes partiram com tudo para o ataque. No entanto, novamente foram barrados pelo forte setor defensivo do Barretos. Aos 14 minutos, Douglas Franklin precisou fazer a primeira mudança no clube visitante, já que Peterson machucou a coxa direita. Leonardo Silvério respondeu rápido e também fez uma alteração, atendendo ao pedido da torcida, que pedia Elvinho em campo.

 

 

 

Logo em seguida, Douglas Franklin queimou as duas mudanças que lhe restavam. Aos 20 minutos, já estava desenhado que o final da partida seria de pressão do Atibaia, enquanto o Barretos iria buscar aos contra-ataques. E, aos 22 minutos, Diego Pedroso recebeu o segundo cartão amarelo após cometer uma falta na intermediária e deixou os visitantes com apenas dez em campo.

 

 

 

Em vantagem numérica, os comandados por Leonardo Silvério intensificaram ainda mais a pressão. Mas o Barretos respondia e aos 26 minutos, Jean batista fez belo lançamento para Luis Ricardo, que tocou para o fundo das redes, contudo o árbitro assistente já havia levantado sua bandeira, assinalando impedimento.

 

 

 

Se os atletas que entraram no Barretos levaram perigo, Julio Cesar e Adauto também ameaçaram o gol de Willian. Aos 30 minutos, Julio Cesar levantou a bola dentro da área para Adauto, que cabeço no canto do goleiro. Willian se esticou todo e conseguiu dar um tapa para salvar sua meta.

 

 

 

De tanto insistir, o Atibaia chegou ao importante gol em sua história somente aos 46 minutos do segundo tempo. Após bola levantada na área e muita confusão, André Tavares aproveitou a sobra para marcar e dar a vitória ao time do Atibaia que só precisou segurar a vantagem por mais alguns minutos para comemorar.

 

Torcida  do Atibaia comemora com o time - Foto: Nathália Miliozi/FPF
Torcida do Atibaia comemora com o time – Foto: Nathália Miliozi/FPF

 

Ficha Técnica

 

 

 

Atibaia: Rodrigo Calaça; Nando, Márcio Santos, Márcio Marcelo e Kaique (Adauto); Jean, Thierry (Elvinho), Paraíba e Popó; André Tavares e Marcelo (Julio Cesar).
Técnico: Leonardo Silvério.

 

 

 

Barretos: Willian; Rafael Jales, Anderson Bill, Willer Babi e Felipe Merlo; Peterson (Jean Batista), Diego Pedroso, Marco Rogério e Igor Martins; Walter (Rafael) e Osny (Luis Ricardo).
Técnico: Douglas Franklin.

 

 

 

Gol: André Tavares, aos 46 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Jean (Atibaia) Popó, Diego Pedroso e Walter (Barretos).
Cartão vermelho: Diego Pedroso, Igor Martins e Marco Rogério do Barretos; Thierry e Marcio Santos do Atibaia.

 

Árbitro: Marcelo Rogério;
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Herman Brumel Vani;
Quarto árbitro: Andre Luis Riquena;

 

Local: Estádio Ítalo Mário Limongi, em Indaiatuba;
Data: domingo (17), às 10h.

 

 

 
Da Redação com informações da FPF