Campeonato Brasileiro 2015 – Série B: Bragantino vence Paysandu por 1 a 0 e conquista os primeiros pontos na Série B

Bragantino disputará a Série A2 em 2016
Bragantino

 

 

O Bragantino enfrentou o Paysandu (PA) nesta tarde de sábado, no Nabizão, em Bragança Paulista(SP), e teve que espera por quase 25 minutos para jogar pela primeira vez em casa na Série B em razão do árbitro carioca Antônio Ferreira de Carvalho Schneider ter passado mal em seu vestiário momentos antes do horário programado para o inicio da partida. Quando a bola rolou, o Braga contou com oito estreias na equipe que começou o jogo e mais três com entradas durante o decorrer dos 90 minutos, totalizando 11 estreias na equipe. Ao final o Leão venceu por 1 a 0 na primeira vitória do técnico Osmar Loss.

 

 

 

Com o resultado o Bragantino somou seus primeiros pontos na competição, chegou aos 03, e assumiu a 13ª colocação da Série B. Na próxima rodada o Braga enfrenta o Vitória (BA), sexta-feira, 22, às 19h30, no estádio Manoel Barradas, o Barradão, em Salvador (BA), pela terceira rodada da Série B. Erick e Isaac, que não atuaram contra o Papão por cumprir suspensão, voltam a ficar à disposição do técnico Osmar Loss.

 

 

 

O jogo

 

 

A partida começou com o Bragantino tentando impor seu ritmo de jogo por atuar em casa e precisar do resultado, mas o Paysandu estava bem posicionado e conseguia neutralizar as possíveis jogadas de perigo do Leão. A primeira chance real de perigo veio logo aos cinco minutos depois que Moises escapou pela esquerda e cruzou no segundo pau. Quando Chico ia fazer o gol, Thiago Martins deu toque na bola e mandou para escanteio quase marcando contra.

 

 

 

O Braga seguia melhor e criou outras duas boas chances antes dos 20 minutos. Na primeira, aos 16 minutos, Guilherme bateu falta da esquerda e Bryan chegou atrasado não conseguindo completar. Na segunda, no minuto seguinte, depois que Alemão cruzou da direita e a bola fez curva quase enganando o goleiro Emerson, que deu um tapa nela e jogou para escanteio. Depois deste lance a partida caiu de rendimento com as duas equipes marcando mais do que conseguindo atacar, apesar do Massa Bruta ser a única equipe a tentar.

 

 

 

Mas foi o Paysandu quem quase abriu o marcador aos 35 minutos. João Lucas faz boa jogada pela esquerda e perto da linha de fundo cruza a meia altura. Douglas dá um tapa na bola e tira a chance de Leandro Cearense e Edinho que aguardava no meio da área. Aos 38 o técnico Osmar Loss foi obrigado a mexer no Leão. Bryan se contundiu e deixou o campo para a entrada de Rodolfo, que também fez sua estreia no Bragantino.

 

 

 

Segundo tempo

 

 

As duas equipes voltaram para a segunda etapa com as mesmas formações, mas o Bragantino com atitude diferente. O Massa bruta passou a marcar o Papão em seu campo e pressionava em busca do gol. Melhor em campo o Leão foi criando chances. A primeira veio logo aos dois minutos depois que Guilherme bateu falta e obrigou o goleiro EWmerson a socar a bola oara longe para não sofrer o gol.

 

 

 

Aos sete minutos o time da casa abriu o marcador. Jobinho foi lançado ´pelo meio, ganhou na corrida de seu marcador e dentro da área foi atropelado. O árbitro marcou a penalidade que o próprio Jobinho bateu e marcou o primeiro do leão na Série B, no canto esquerdo de Emerson, que nem apareceu na foto. 1 a 0 Bragantino.

 

 

 

Após o gol o Paysandu precisou se soltar e o técnico Dado Cavalcante começou a mexer em sua equipe. Saíram Gilson Alves e Edinho para as entradas de Aylon e Carlos Alberto. No Bragantino quem deixou o campo foi Guilherme para dar lugar a mais um estreante, o volante Wigor.

 

 

 

As alterações surtiram efeito imediato para o Paysandu que aos 24 e aos 26 minutos só não empatou porque Douglas fez dois milagres. No primeiro Leandro Cearense deixou Aylon na cara de Douglas. O atacante ateu forte e cruzado, mas Douglas operou o primeiro milagre. No segundo Leandro Ceraense recebeu na esquerda e bateu cruzado na frente do goleiro, mas de novo ele estava lá. Porém, mesmo se marcasse, o gol seria anulado porque o atacante estava impedido.

 

 

 

Depois destes lances o Bragantino acordou e voltou a equilibrar a partida tanto que aos 33 minutos Moisés desceu pela esquerda e cruzou para o meio da área. Ewerton Dias subiu mais que a zaga e cabeceou para baixo buscando o canto esquerdo de Emerson. A bola tirou tinta da trave e foi para fora. Aos 38, após cobrança de escanteio e falha na saída de Emerson, Chico cabeceou no canto esquerdo, mas o goleiro conseguiu se recuperar e fez um verdadeiro milagre evitando o segundo do Leão.

 

 

 

A última chance do jogo veio aos 41 minutos e foi do Paysandu. Após bola alçada da direita, Souza, que acabara de entrar, cabeceou buscando o canto direito de Douglas, mas abola tirou tinta da trave e foi para fora. Final e primeira vitória do técnico Osmar Loss no comando do Massa Bruta.

 

 

 

Ficha Técnica

 

 

Jogo: Bragantino 1 X 0 Paysandu(PA)

 

 

Segunda rodada do Brasileiro da Série B

 
Data: 16/05/2015 – Horário: 16h30
Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Renda: R$: 11.170,00 reais
Público: 949 pagantes

 

 

Árbitro: Antônio Ferreira de Carvalho Schneider (RJ)
Assistente 01: Wendel de Paiva Gouveia (RJ)
Assistente 02: Luiz Antônio Muniz de Oliveira (RJ)
Quarto Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

 

 

Gols: Jobinho aos 8’ 2/T (Bragantino)

 

Cartões Amarelos: Ewerton Dias (Bragantino); Emerson, Yago Pikachu, Thiago Martins, Fernando Lombardi, Augusto Recife (Paysandu-PA)

 

 

Bragantino
Douglas; Alemão, Leandro Silva, Pedro Henrique e Moisés; Samuel, Everton Dias e Guilherme (Wigor); Bryan (Rodolfo) (Alan Mineiro), Jobinho e Chico
Técnico: Osmar Loss

 

 

Paysandu (PA)
Emerson; Yago Pikachu, Thiago Martins, Fernando Lombardi e João Lucas; Augusto Recife, Fahel, Gilson Alves (Aylon) e Rogerinho; Edinho (Carlos Alberto) e Leandro Cearense (Souza).
Técnico: Dado Cavalcanti

 

 

 
Da Redação com informações do site oficial do Bragantino – www.bragantino.net