Campeonato Brasileiro 2015 – Série B: Bragantino joga mal e é goleado pelo Vitória no Barradão, em Salvador-BA.

Vitória goleia o Bragantino no Barradão e a torcida canta - Imagem Vitória
Vitória goleia o Bragantino no Barradão e a torcida canta – Imagem Vitória

 

 

O Bragantino nesta temporada de 2015 vem apresentando um futebol de baixo nível. No Campeonato Paulista foi humilhado e rebaixado com a segunda pior campanha. Então a diretoria, comandada por Marcos Chedid, fechou uma parceria com o Corinthians, que não conseguiu até o momento mostrar para que veio, pois dos nove pontos disputados só conseguiu conquistar 03 pontos, ou seja 33,33%, ou seja neste momento podemos deslumbrar que o time da Terra da Linguiça irá brigar para não cair, mas o torcedor espera que isto possa ser revertido.

 
Nesta sexta-feira, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Bragantino visitou o Vitória nesta sexta-feira (22) e foi derrotado pelo time anfitrião pelo placar de 4 a 1.

 

 

 

O Vitória tem agora seis pontos ganhos com este resultado, enquanto o Bragantino permanece com três.

 

 

 

O Vitória iniciou a partida pressionando e aos quatro minutos, Elton fez boa jogada e cruzou pela esquerda para a grande área, com Vander tentando o cabeceio e mandando a bola para fora.

 

 

 

Três minutos depois, aproveitando rebote do zagueiro, Escudero ficou com a posse de bola e arriscou o chute para colocar o Vitória na frente do placar do Barradão.

 

 

 

O Bragantino tentou responder no chute longo de Chico, aos 20, que Fernando Miguel defendeu. O Vitória continuava criando oportuniddes e aos 44, Diogo Mateus trocou passes com Elton e tocou a bola em direção ao gol. Pedro Henrique, em cima da linha, salvou o time paulista de levar o segundo gol.

 

 

 

No começo do segundo tempo, Elton aumentou a vantagem do Vitória na partida, aproveitando erro do goleiro do Bragantino.

 

 

 

Aos cinco minutos, Rhayner ficou com a bola após passe errado de Pedro Henrique e lançou Rogério, que fez o drible em Douglas e deu um toque na bola para o gol vazio. Era o terceiro do time baiano.

 

 

 

O Bragantino continuou buscando a reação e aos 19, o time paulista teve pênalti marcado a seu favor quando Ramon cometeu falta em Jobinho. Erick foi para a cobrança e Fernando Miguel defendeu. O Vitória se posicionava para administrar a vantagem no placar e ficar com a posse de bola.

 

 

 

Chico diminuiu o placar para o time de Bragança Paulista aos 28, recebendo lamçamento pela direita e partindo em velocidade para finalizar na saída do goleiro adversário.

 

 

 

O Vitória voltou a se arriscar no ataque nos minutos finais de partida e Diogo Matheus, aos 40, em jogada individual, fintou o zagueiro da equipe de Bragança e bateu da entrada da área para anotar o quarto do time da casa.

 

 

 

Próximos jogos de Bragantino e Vitória pela 4ª rodada da Série B 2015

 

 

Bragantino x América-MG – 29/mai – 19h30 – Estádio Nabi Abi Chedid

 

 

Botafogo x Vitória – 30/mai – 16h30 – Estádio do Engenhão (Nilton Santos)

 

 

VITÓRIA x BRAGANTINO

 

 

 

Local : Estádio Barradão, em Salvador-BA
Data : 22 de maio, sexta-feira
Horário : 19h30 horas (de Brasília)
Árbitro : Paulo Roberto Alves Júnior-PR
Assistentes : Ivan Carlos Bohn-PR e Diego Grubba Schitkovski-PR
Cartões amarelos : Diogo Mateus, Maracás, Flávio e Rhayner (Vitória); Leandro Silva, Bruno Costa e Alemão (Bragantino)

 

 

GOLS :
VITÓRIA : Escudero, aos sete minutos do primeiro tempo; Elton, a um minuto do segundo tempo; Rogério, aos cinco minutos do segundo tempo e Diogo Mateus, aos 40 minutos do segundo tempo
BRAGANTINO : Chico, aos 28 minutos do segundo tempo

 

 

VITÓRIA : Fernando, Diogo Mateus, Maracás, Ramon e Diego Renan; Luiz Gustavo, Flávio (Jorge Wagner) e Escudero (Rogério); Vander, Elton e Rhayner (Amaral)
Técnico : Wesley Carvalho

 

 

 

BRAGANTINO : Douglas Friedrich, Alemão, Leandro Silva, Pedro e Moisés; Everton Dias (Bruno Costa), Samuel Souza, Chico e Guilherme Costa (Alan Mineiro); Erick (Isaac) e Jobinho
Técnico : Osmar Loss

 

 

Da Redação