Amistosos da Seleção Brasileira de Futebol: Brasil vence de virada a França por 3 a 1 em pleno Stade de France.

Neymar marcou o segundo gol do Brasil na Vitória em cima da França
Neymar marcou o segundo gol do Brasil na Vitória em cima da França

 

Em seu primeiro jogo em 2015, a Seleção Brasileira enfrentou a França nesta quinta-feira (26), no Stade de France, em St. Denis (FRA), e venceu a partida de virada pelo placar de 3 a 1.

 

 

No começo da partida, Benzema aproveitou cobrança de escanteio para tentar o desvio de cabeça e Jefferson foi para a defesa. O Brasil foi em busca da resposta e aos 19 minutos, Oscar fez o passe para Neymar arriscar o chute e Mandanda fazer a defesa.

 

 

Aos 20 minutos, em nova cobrança de escanteio, Varane apareceu para o cabeceio e deu um toque na bola para colocar a França na dianteira do placar em St. Denis.

 

 

Após o gol, o Brasil começou a ir mais ao ataque, mas enfrentava dificuldades em passar pela defesa dos donos da casa. Quando conseguiu abrir espaço em campo, chegou ao gol de empate, com Oscar, aos 40.

 

 

 

O Brasl começou o segundo tempo avançando a marcação e conseguindo barrar as investidas francesas. Com mais espaço para o ataque, a Seleção Brasileira virou o placar com Neymar, aos 11 minutos, após jogada pela esquerda.

 

 

 

A França tentou a resposta na jogada de Benzema que Sissoko tentou completar, entretanto Jefferson apareceu para fazer a defesa. Os franceses buscavam a pressão e o Brasil jogava no contra-ataque, chegando ao terceiro gol aos 23, através de Luiz Gustavo.

 

 

 

Nos minutos finais de partida, a França tentou sair para o jogo e criar oportunidades de gol, mas o Brasil ficou na defesa administrando o resultado até o apito final.

 

 

Próximo jogo da Seleção Brasileira em 2015 (amistoso)

 

 

Brasil x Chile – 29/mar – 12h00 – Emirates Stadium (Londres-ING)

 

 

Ficha Técnica

França 1 x 3 Brasil

Local: Stade de France, St. Denis (FRA)

Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA);

 

França: Mandanda; Sagna, Varane, Sakho e Patrice Evra; Sissoko (Kondogbia), Schneiderlin, Matuidi (Giroud), Valbuena (Payet) e Griezmann (Fekir); Benzema.
Técnico: Didier Deschamps.

 

 

Brasil: Jefferson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Felipe Luis; Luiz Gustavo (Fernandinho), Elias (Marcelo), Willian (Douglas Costa) e Oscar (Souza); Neymar e Roberto Firmino (Luiz Adriano).
Técnico: Dunga

 

 

Gols: Varane (FRA), aos 20, Oscar (BRA) aos 40 do primeiro tempo, Neymar (BRA) aos 11, Luiz Gustavo (BRA) aos 23 do segundo tempo

 

 

Da Redação como fonte de informação da FPF