Cultura: Festival de Arte e Tecnologia traz proposta inédita e artistas renomados para Atibaia

Incubadora de Artistas
Incubadora de Artistas

 

No último final de semana Atibaia recebeu, na sede da Incubadora de Artistas, um evento inédito na região: o Festival de Arte e Tecnologia. A festa de inauguração ocorreu sábado (14) e lotou a casa. Os artistas convidados, VJ Suave, Bmind, Glenn Hamilthon, Vinicius Berton, Jeff Robert, Lina Lopes, Paloma Oliveira e GSP/LAB/D3, apresentaram trabalhos cheios de criatividade, que surpreenderam os visitantes.

 

 

A abertura contou com a apresentação especial de Bmind e VJ Suave, que mostraram uma grande sintonia, em mais um trabalho realizado em conjunto. O som intimista de Bmind, que utiliza timbres cotidianos, orgânicos e sintéticos para construir sua música, mesclou-se perfeitamente com a produção da dupla VJ Suave, formada pelo paulista Ygor Marotta e pela argentina Cecilia Soloaga, especialistas em intervenções urbanas e grafite digital. O duo, que já cativou espectadores em São Paulo, Rio de Janeiro, Rússia, Alemanha, Suíça, Argentina e Portugal, exibiu pela primeira vez sua arte em Atibaia. O resultado final sensibilizou o público, propondo a pacificação e o amor através da melodia, da luz e do movimento “Mais Amor, Por Favor”.

 

 

 

Após a performance, os visitantes puderam conferir os outros trabalhos da mostra. Em uma das salas, a vídeo projeção do documentário “Memorabilia Ludens”, de Paloma Oliveira, inova com a forma original de sua apresentação, que tem a proposta de levar a experiência audiovisual para o corpo.

 

 

 

No salão principal, as esculturas futuristas feitas pelo renomado artista Glenn Hamilthon, com o tema “Mesmo Isolado uma Teia de Conexões Orbita o Entorno”, podem ser apreciadas. No mesmo local, encontra-se uma obra de Vinicius Berton, denominada “Discursos Para Viagem”, que aborda o barulho gerado pelo debate de temas polêmicos como religião, futebol e política.

 

 

 

Também na sala maior está a instalação de Jeff Robert, E(In)stantes, que provoca uma reflexão sobre as incertezas que envolvem o conhecimento que a humanidade tem sobre o universo, as teorias e seus paradoxos, a grandiosidade versus a limitação, a força versus a fragilidade.

 

 

 

Outro espaço é dedicado para o trabalho de Lina Lopes e Paulo Muggler, “LABinto”. A instalação interativa foi montada em um local escuro e os espectadores são convidados a fazer parte de uma espécie de narrativa quebra-cabeça, onde cada uma das peças se revela por vez, a partir do foco escolhido por cada visitante.

 

 

 

A última sala do Festival de Arte e Tecnologia traz mais uma inovação proposta pela Incubadora de Artistas, a galleryinsidegallery, uma espécie de galeria dentro da galeria. Inaugurada junto com o festival, sob a curadoria do artista Matias Picón, ela recebeu o nome de Cucha. Nesta mostra, o trabalho apresentado na Cucha é uma interessante Instalação Multimídia Interativa, montada pelo coletivo GSP/LAB/D3.

 

 

 

Quem não pôde comparecer à abertura ainda pode conferir à exposição imperdível, que segue aberta para visitação de quarta a sexta das 13 às 19h; sábados e domingos das 15 às 20h, com entrada gratuita. Endereço: Praça da Matriz, 78 – Centro – Atibaia – SP. Outras informações podem ser obtidas através do e-mail [email protected], ou do site www.incubadoradeartistas.com.br.