Bragança Paulista: Comissão de Finanças recebe em audiência pública para avaliação de metas fiscais do 1º Quadrimestre de 2015

Executivo de Bragança Paulista  apresentou resultados positivos com dívidas controladas e despesas com pessoal abaixo dos tetos legais
Executivo de Bragança Paulista apresentou resultados positivos com dívidas controladas e despesas com pessoal abaixo dos tetos legais

 

 

 

A Comissão de Finanças recebeu na tarde de sexta-feira (29/5) a secretaria Municipal de Finanças, Marianne da Costa Antunes, para apresentação do Relatório de Gestão Fiscal e Avaliação das Metas Fiscais do 1º Quadrimestre do Exercício de 2015. Os dados apresentados mostraram resultado primário positivo, além de despesas com pessoal e dívidas abaixo dos tetos legais.

 

 

De acordo com Marianne, no quadrimestre que compreende os meses de janeiro a abril, omunicípio obteve resultado primário de aproximadamente R$21 milhões, indicando que o desempenho da receita primária permitiu a cobertura integral da despesa primária. Já as despesas com pessoal seguem abaixo do limite de 54% estipulado pela Lei de Responsabilidade Fiscal, ficando em 48,96%.

 

 

 

 

Em relação às dívidas, a dívida consolidada líquida foi apontada em 0,09% da Receita Corrente Líquida realizada e o saldo da dívida consolidada cresceu 6,81% em relação ao último quadrimestre em razão da apropriação das parcelas devidas no exercício de 2015, contabilizada em janeiro.

 

 

 

 

Os vereadores Rafael de Oliveira e AntonioBugalu, presidente e vice-presidente da Comissão, respectivamente, ficaram satisfeitos com os dados apresentados. A vereadora Rita Valle também compareceu à Audiência e pode acompanhar a apresentação da secretária.

 

 

 

 

Rafael de Oliveira finalizou a audiência agradecendo a presença da secretária e reiterando a importância de conhecer os gastos públicos “Todo mês recebemos um balancete mensal do município e podemos fiscalizar a legalidade do uso das verbas. Pelo que foi apresentado podemos perceber que as contas estão saudáveis. As dívidas estão sob controle, com percentuais bem administráveis.”, concluiu o vereador.

 

 

 

 

Da Redação com informações provenientes do Departamento de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Bragança Paulista